quinta-feira, 17 de março de 2016

Por aqui

2 comentários
Por aqui...

Estamos vivendo um momento de crise política. Muitas manifestações pelo país pedindo o impeachment da presidente Dilma. A verdade é que o brasileiro está cansado e insatisfeito com tanta corrupção de todos os lados e partidos.

Eu queria muito ter ido em uma manifestação que aconteceu no último domingo, dia 13,03,2016, na Avenida Paulista. Mas fiquei receosa por estar grávida e com o Kaleb com 4 anos, foram mais de 1 milhão e meio de pessoas, só aqui em SP. Mas achei melhor protestar de casa, através das redes sociais.

O Kaleb continua exigindo bastante atenção, mas fala da irmã com muito carinho. Diz que vai cuidar e ensinar, se sente o protetor dela. Uma vez só ele querendo me deixar brava disse que não queria saber dela e mostrou língua para minha barriga, mas logo estava pedindo desculpas a mim e a irmã (rs).

Na escola está se adaptando aos poucos às atividades, apesar de eu ainda achar puxadas para ele.

A hora da lição de casa é "uma novela". Ele sempre leva muitas broncas e sempre quer desistir no meio da atividade, dizendo que não sabe ou não consegue, fica bravo, ou leva na brincadeira, rindo sem parar para desviar a atenção. Nessa hora necessito de muita paciência mas, na maioria das vezes, eu acabo perdendo a pouca que tenho.




Na semana passada ele me pediu que não dissesse a mais ninguém que eu estava grávida. Pediu que se alguém perguntasse eu dissesse que estou com a barriga grande só. Achei engraçado mas fiquei atenta a mais essa manifestação de ciuminho.

Ando com bastante dores na coluna e estou na 20 semana de gestação ainda (5 meses). Fui a uma consulta com um ortopedista, mas... durante a gestação, não poderei tratar o problema (desvio de coluna) e o aumento de peso e mudanças no corpo infelizmente pioram a dor.

Papai continua trabalhando em Campinas, vindo para SP apenas aos finais de semana.

Vovó Sandra tem nos ajudado muito na rotina diária, durante a semana.

Continuo trabalhando em casa e contando os dias para iniciar a licença.

Acho que é isso... um resumão!

Kaleb e mamãe - 19 semanas





sábado, 27 de fevereiro de 2016

É menina! Irmãzinha pro Kaleb

2 comentários
No dia 25.02, quinta feira agora, fomos fazer uma ultrassonografia e sabíamos que era o dia de descobrir se seria o Samuel ou a Heloísa que está a caminho.

Então, decidi levar o Kaleb comigo. O papai não pode ir dessa vez pois está em Campinas, trabalhando com o tio Neto e o avô Paulo. Fomos eu, o Kaleb e a vovó Sandra.

E aconteceu que, ele simplesmente me deixou maluquinha. Pedia tudo o que via, falava alto, brincava de bater... tudo isso dentro de um laboratório. Fiquei no maior estresse. Ele queria, a qualquer custo, chamar a nossa atenção. Me tirou do sério, de verdade. E para ajudar, os horários dos exames estavam atrasados e eu havia chegado uma hora antes.

Percebi que ele estava entediado, e dei um papel e uma caneta que estavam em minha bolsa. Ele rabiscou bastante e logo ficou entediado de novo. Dei meu celular e meu fone de ouvido e ele ficou vendo os vídeos até que dormiu. E, claro, fiquei com remorso de não ter percebido antes o que ele precisava.



Logo que ele dormiu eu fui chamada, mas de qualquer jeito ele não poderia entrar. Ficou com minha mãe e eu entrei sozinha.

O médico nos deu a notícia: É uma menininha! Fiquei muito feliz e só imaginando a felicidade do papai quando recebesse a notícia, pois ele sempre disse que agora queria uma menina, afinal vamos 'fechar a fábrica'.



A noite, em casa, fizemos essa foto para anunciar aos amigos pelo Facebook e Instagram que a Helô vem aí.


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Visita ao Oftalmo

2 comentários
Há uns 10 ou 15 dias o Kaleb começou a nos preocupar. Do nada, piscava sem parar e as vezes coçava e virava o olho. Chegou a dizer ao pai que havia pimenta em seus olhos.

No último final de semana o "caguete" se intensificou, minha sogra e cunhadas e também a minha mãe viram e também se preocuparam. Seria o cabelo no olho? Necessidade de óculos? Irritação? Falta de lubrificação? Até algo pior... pensamos em tudo isso, eu e o pai.

Levamos ao Hospital Cema para uma consulta e o oftalmologista o examinou, mas logo de início deu o diagnóstico: "Ele está querendo chamar a atenção dos pais e familiares". Oi?? Eu jamais imaginaria isso, até cheguei a duvidar do que o médico disse, só não desacreditei mesmo pois presenciei os testes... uma a uma ele foi nomeando as imagens projetadas pelo oftalmo na parede (inclusive umas bem pequenas), com um olho de cada vez. Acertou tudo!

O médico também examinou os olhos e reforçou o diagnóstico: "É mesmo para chamar a atenção, isso é bem comum nessa idade".

Viemos pra casa aliviados e intrigados com tamanha esperteza da criança.

Será o primeiro sinal de ciuminho do irmão(ã)?


Ah, não! Antes disso teve esse episódio da foto. Comprei esse cadeirão de uma amiga e estava guardadinho, num canto do quarto.

Pois o Kaleb tirou o plástico, abriu, subiu na cama para alcançar a altura e essa foi a cena que presenciei quando decidi ver o que estava acontecendo pois ele estava muito quieto no quarto rsrs. Mal conseguia fechar as pernas e logo se explicou: Estava brincando de astronauta!

Meu amor lindo!!!

domingo, 17 de janeiro de 2016

Reflexões do Kaleb e as desculpas sem fim

1 comentários
Kaleb: Mão eu não quero ser feio.
Eu: Você não vai ficar feio nunca, você é lindo, meu amor!!!
Kaleb: Mas meus dentes vão cair!
Eu: (risos)

Posso com tamanha vaidade para uma criança de 4 anos?!

Por aqui tá tudo bem, tirando o desconforto de estar enjoando todos os dias.

O Kaleb está animado com a espera do irmão ou irmã. Vez ou outra, estabanado como é, bate ou da um chutinho na minha barriga e logo pede desculpas para o irmãozinho (a).

Aliás, algo que não sei se já comentei por aqui, ele aprendeu a pedir desculpas e acho que gostou da palavra. Pede desculpas 399x ao dia. Basta chamar sua atenção por algo que já ouvimos: "Você me desculpa?"

Tem horas que fico irritada com isso. E as vezes que, irritada, respondi "Não!" me arrependi instantaneamente. Pois daí começa o choro e novos pedidos, até que eu ceda. Figurinha esse rapazinho!!!

11 semanas e o carinho de irmão



quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Irmãozinho(a) à vista

0 comentários
Andei sumidinha por 1 mês mas trago essa baita novidade: Estou gravidíssima!

A descoberta foi em Campinas, estávamos hospedados na casa do vovô Paulo, pois fui trabalhar com meu pai nos eventos de formatura da empresa dele. Ficamos 10 dias por lá.

Para o Kaleb foi um período de férias e passeio, além da casa do vovô tinha a casa do tio. Estava um calor de rachar (lá faz bastante calor mesmo) e o pequeno aproveitou os dias quentes na piscina do vovô. Aproveitou tanto que mesmo com muito calor teve um início de crise de tosse, que foi logo combatida com xarope e inalação (impressionante como a gente fica "esperta" com o tempo rsrs).

Logo no início dos dias de eventos, eu percebi que meus seios estavam bem doloridos, as costas também doíam bastante... esses foram os primeiros sintomas. Mas, não dei importância, achei que eram por causa da correria e do calor de lá. Passaram-se uns dias e também senti uma azia, um mal estar e achei que era hora de fazer um teste de farmácia, afim de estar liberada para tomar um remédio que forçasse meu período menstrual, pois a esse hora eu achava que todo esse mal estar era por estar sem menstruar há muito tempo (pois tomava, quando lembrava, o anticoncepcional sem pausas). Falei para o papai e fomos comprar o teste. E "BUM!" positivo. As listrinhas vermelhas apareceram muito rápido!! Chorei de preocupação... pensava na crise financeira, no vírus zika, na falta de planejamento e principalmente na falta do plano de saúde que parei de pagar a pouco tempo...


Ficamos muito surpresos e preocupados. Mas o papai me acalmou e oramos à Deus, agradecemos pelo presente e nos alegramos.

Refiz o exame de fármácia, só para garantir ehehhe. Dessa vez comprei um mais chique e que prometia informar as semanas da gestação. Mas só depois de aberto que vimos que se fosse mais do que três semanas ele apareceria 3+ e não saberíamos exatamente a idade gestacional (cara de enganada).



No dia seguinte foi a vez do exame de sangue, só para oficializar, pois a esse hora eu não tinha mais nenhuma dúvida.

E ontem, já em São Paulo, fizemos o primeiro ultrassom para saber a idade gestacional e se estava tudo bem (estava preocupada pois tomei medicamentos fortes há pouco tempo, devido a uma taquicardia que me fez parar no hospital). Descobri que já estou com 9 semanas e graças a Deus está tudo muito bem...

Olhem só que gracinha o ultrassom, postei no facebook como "Nosso Primeiro Encontro".


Estavam todos lá (papai, mamãe e Kaleb), em uma salinha apertaaaada, para ver o novo membro da família, foi emocionante ouvir o coraçãozinho e ver, tão perfeitinho (a), mesmo que por tão pouco tempo (o exame foi mega rápido). Digo agora a todos que minha ficha só caiu mesmo depois de ontem, quando o ouvi.

E vamos seguindo, nessa correria de fim de ano. O único sintoma agora é ENJÔO! Estou enjoando muuuuito, bem mais do que na gestação do Kaleb (ou eu esqueci se senti tantas náuseas assim na gestação dele). Emagreci quase 5 kilos, desde que descobri.

O Kaleb está em festa! Beija minha barriga, me agradece pelo presente, diz que ama a irmã (ele fala com toda certeza que será menina). E estamos todos numa felicidade só.