terça-feira, 28 de maio de 2013

2 anos hoje...

4 comentários
É uma explosão de emoção!!!

Há 2 anos nascia um bebezão, lindo,  de 51cm e 3,640kgs que transformaria a vida da mamãe e do papai.

Minha foto preferida!

Me emociono com tudo, nessas horas passa um filme em nossa cabeça e a gente fica sensível a bessa (kkk). Mas acho que me emociono mais em ver o tempo passando tão rápido! É uma mistura de orgulho com emoção... inexplicável.

Bom, mas hoje é dia de festa!!!! Dia de celebrar a vida e agradecer a Deus pela oportunidade de ser mãe de uma criança tão linda, saudável, inteligente, abençoada e FELIZZZZZ!!!


video
A retrospectiva que fiz

E hoje tem parabéns de novo, claro! Cantaremos parabéns com bolinhos de cupcake, pois o que importa é a farra! rs

______________________________________________

Sábado foi a festinha dele. Foi uma delíciaaaaa!!!  Não postei sobre ela ainda pois estou esperando receber as fotos. Ainda essa semana recebo, estou super ansiosa...


sexta-feira, 17 de maio de 2013

Tentando o Desfralde + Desenvolvimento

5 comentários
Há poucos dias de completar 2 anos, resolvi iniciar o processo de desfralde.
Li bastante sobre o assunto na internet e também os relatos de outras mamães que já conseguiram, e então, resolvi iniciar no começo dessa semana.

Quando chego em casa, por volta das 16:30 tiro a fralda dele e a cada 30 minutos o levo ao banheiro. Sento ele no vaso com o redutor de assento (pq o troninho virou brinquedo mesmo e por vezes poltrona pra assistir tv rsrs). Pergunto toda hora se ele quer fazer xixi e ele acha graça disso tudo, e adora dizer que sim para que eu o sento no vaso para então ele dizer "não quelo mais". POSSO COM ISSO???

E quando eu percebo que ele está segurando por muito tempo, coloco novamente a fralda e então ele faz. Acho que essa não é a atitude correta, mas percebo que ele ainda está bem inseguro e não estou com tanta pressa assim, afinal fazem só 3 dias que comecei. E não quero ser tão rigorosa!

Mas vamos que vamos né? E haja paciencia!!!

______________________________

O desenvolvimento:



Ele fala de TUDO, e fala muito! De forma errada, claro! Mas pede tudo o que quer.
Para ajudá-lo, paramos de brincar com ele falando errado. E quando ele fala... eu repito da maneira certa.
Ex: Ele diz: -Qué tetê de coculati! Eu respondo: - Você quer mamadeira de chocolate? Vou fazer!

Ama música. Seja ela qual for...
Instrumentos musicais também...TODOS... mas é apaixonado mesmo por bateria ("batelia" ou "tum tum tá") e guitarra ("viola") E isso nos orgulha muuuuuito!

Adora ir a igreja! Ele chama a igreja de "aleluia": - "Vamu mãe, no aleluia!"

Gostar de brincar com crianças mais velhas e não tem paciência com crianças da mesma idade dele.

Ainda não está na escolinha. Fica sob os cuidados da tia Maria.

Come como um leãozinho! Mesmo dodói!!! O Senhor nos presenteou com essa benção... e GRAÇAS A DEUS também ele não fica abatido NUNCA!

Faz muita birra, está numa fase bem complicada de lidar. Acredito eu que, está na famosa fase "terrible two" Ele grita muito quando é contrariado e aprendeu a xingar dizendo "feio, feia" e "chata". Tenho repreendido muito ele quanto a isso. Se joga no chão, as vezes, e isso é o que eu mais me entristeço de ver.

Está viciado em chocolate e coca-cola (que as mamães politicamente corretas não me ouçam). Todo santo dia ele pede... mas, claro, que não dou todo dia pra ele.

Está começando a gostar de escovar os dentes. Mas ainda temos que fazer na "marra".

Não gosta de pentear o cabelo e nem de sair do banho.

Já conversa ao telefone. Ligo pra ele e ele quer conversar. Parte da conversa eu entendo e parte não (rs). Mas é uma delícia ouvir a voz dele!

Reconhece a todos pelo nome. Aliás, ele compôs uma musiquinha em que sai dizendo o nome de todos da família, acompanhado de sua viola. Música longa essa viu! E ainda quando ele não lembra de mais ninguém pára a música dizendo: "Quem mais mãe?" Ah sim! Sou a back vocal dele!

Ainda é super carinhoso, principalmente comigo. Mas ultimamente está um grude com o pai e a avó materna.

Muito boa essa fase. Tenho certeza que sentirei muita saudade dela no futuro!








terça-feira, 14 de maio de 2013

Última Semana Dodói e A Cura no Jejum

5 comentários
Não foi fácil essa última semana. Na terça passada, há exatamente 1 semana, o Kaleb começou, pela madrugada, a acordar chorando e reclamando de dor. Ele dizia "dodói" "dói" mas ainda não sabe explicar o que sente e onde sente, e foi piorando durante a madrugada e aos gritos e com febre fomos eu, ele e o papai ao hospital e lá descobrimos que ele estava com os dois ouvidos inflamados.

Começou aí a semana difícil, todos os dias ele passava o dia bem, com febre sendo controlada por remédios, mas a noite gritava, reclamava e chorava sem parar, não dormíamos nem por 1 ou 2 horas.

Passamos a noite de quarta desse jeito. E na quinta, pela madrugada, fomos ao hospital novamente pois ele pareceu piorar e também apontava pro pipi quando dizia que estava com dor. E realmente piorou mesmo! Estava, também, com a garganta inflamada e com ínguas na virilha (daí a dor no pipi) e no pescoço. Eu mal podia acreditar que meu bebê estava tão dodói! Nos sentíamos inútil por não podermos arrancar a dor dele.

Não fui trabalhar na sexta para ficar com meu pequeno e medicá-lo. E ele passou o dia bem enjoado e com bastante febre. E além disso, eu não conseguia dar o antibiótico Azitromicina indicado pelo médico do PS, ele vomitava todas as vezes. Meu marido também tentava sem sucesso.

Então, o levei ao pediatra dele que o examinou novamente, confirmou o diagnóstico e passou um outro antibiótico manipulado, que ele também não conseguia tomar, de jeito nenhum. Foi muito difícil. Ele só queria colo, chorava com dor. Que semana tivemos!

E pra piorar...devido a tantos dias sem dormir nada e com ele só pedindo colo, eu fiquei com muita, muita dor de cabeça e dor por todo o corpo e tive que tomar injeção na farmácia para dor muscular pois não conseguia erguer meus braços e precisava cuidar dele, precisava de força.

Então, no sábado pela manhã, ainda controlando a febre do Kaleb por remédios e após ele vomitar toda sua terceira dose de antibiótico, decidi ir ao culto de jejum da minha igreja, que se chama JEJUM COM PROPÓSITO  (nem preciso dizer qual era meu propósito né?) e pedir que ele fosse ungido.

Eu tenho muita fé, e acredito que ele foi curado. Nem precisei pedir a unção. A bispa que dirigia o culto resolveu ungir a todos os que estavam presentes, fez uma linda oração ao ungí-lo e instantaneamente após a unção ele já estava brincando e pulando na igreja.

Na madrugada de domingo dormiu igual a um anjinho e acordou as 10hrs da manhã!!!! Eu até perdi o café do dia das mães que teria na igreja. Mas fomos tomar café em família na padaria mesmo, com o olho inchado de dormir! Que delícia!!!

Eu tenho fé em Deus, fé em milagres! 
E você já vive os seus desde muito pequeno, meu amado Kaleb!

__________________________

Agora, pra descontrair, segue a fotinha do que ele fez na minha cadeira da mesa de jantar, na quarta. Pegou na minha bolsa meu lápis de olho preto, novinho, e rabiscou a cadeira toda, e também a parede. E com a chave de casa desfiou ela também para finalizar a "customização". Mesmo dodói ele separa um tempo para aprontar. E tudo isso foi no tempo em que eu preparava a mamadeira dele. Me pergunto se eu que sou muito devagar ou se meu filho que é arteiro demais... kkk




sexta-feira, 3 de maio de 2013

Momento "in love"

2 comentários
As vésperas do Kaleb completar 2 anos eu me pego, por inúmeras vezes, pensando em "COMO O TEMPO PASSOU!!!"  E a gente fica com esses clichês, mas é impossível se expressar com palavras diferentes. O tempo passou voando mesmo. Parece que foi ontem que saí da maternidade, assustada, com aquele bebezico em meus braços.

Me lembro que pensei na responsabilidade que teria a partir daquele dia, nos cuidados que deveria tomar... mal sabia eu que, havia muito mais além disso, que aquele era um momento marcante, que dividiria minha vida em antes e depois da maternidade.

E hoje, eu não consigo pensar no meu pequeno sem chegar a conclusão que: "Seu nascimento foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida" (clichê rs). Mudou toda a minha rotina, meu pensamento, meus projetos, minhas prioridades, MINHA VIDA. Tornou ela, com certeza, muito mais alegre... uma vida com mais vida!

E não tem jeito! A gente só passa a entender esses clichês quando chega a nossa vez. Eu busco... busco... busco palavras e acabo encontrando essas mesmas, que todo mundo já ouviu, mas que nunca sairá de moda!